Embaixadores - Fernando Antonio Torres Velloso da Silva Neto - USP
Logon
Máquina seletora de mudas de eucalipto vence Prêmio Santander Empreendedorismo 2015

​​​​​​Fernando_velloso-premiacao.jpg

  • Fernando Velloso, graduando de Engenharia Mecatrônica na Universidade de São Paulo (USP), criou uma máquina capaz de selecionar de forma precisa as melhores mudas para plantio do eucalipto
  • No próximo ano, ele espera faturar R$ 500 mil com as vendas do produto
  • No futuro, a tecnologia também poderá ser adaptada para a cultura de cana-de-açúcar
  • A 11ª edição bateu recorde de inscrição: cerca de 24 mil projetos universitários de todo o País. Este ano, foram distribuídos mais de R$ 2 milhões em premiação

O Brasil é o maior produtor de eucalipto do mundo. Mesmo assim, esbarra em uma dificuldade: a seleção das mudas de eucalipto para plantio. Para melhorar a eficiência dessa etapa da produção, o aluno de Engenharia Mecatrônica da Universidade de São Paulo (USP), Fernando Antonio Torres Velloso da Silva Neto, junto aos colegas Fernando Lopes e Henrique Oliveira, criou uma máquina que automatiza o processo de determinação do índice de qualidade das mudas, a Seletora de mudas de eucalipto, projeto vencedor do Prêmio Santander Empreendedorismo 2015. No dia 19 de novembro, ele e seu professor orientador, André Leme Fleury, participaram da cerimônia de premiação para receber os R$ 100 mil para aplicação no projeto. Ambos também foram contemplados com uma bolsa de estudos presencial na Babson College, uma das principais escolas de negócios especializada no ensino e na pesquisa do empreendedorismo, nos Estados Unidos, e a mentoria da Endeavor, instituição referência no Brasil em empreendedorismo.

A Seletora de mudas de eucalipto é composta por uma esteira rolante e um software que automatiza a seleção das melhores mudas da árvore, de acordo com os critérios especificados pelo usuário. Junto com a melhora da eficiência na escolha, a invenção também reduz custos em um viveiro de eucalipto, aumenta a produtividade das agroindústrias, minimiza os eventuais erros da seleção manual e melhora as condições de trabalho no campo. “Nós estruturamos um modelo de negócio de forma sustentável que gera ganhos para todos os envolvidos na cadeia produtiva”, explica Fernando. “A máquina atende médios e grandes produtores de mudas de eucalipto”, complementa.

O valor do prêmio será utilizado para custear a construção das primeiras unidades da seletora e despesas operacionais da empresa. 

O próximo passo de Fernando e sua equipe será finalizar a montagem e a integração do protótipo funcional da máquina e iniciar testes em campo com a seletora, para vender o maior número de máquinas possível. Já no primeiro ano, o estudante espera atingir R$ 500 mil com a comercialização da seletora. Até 2017, ele acha ser possível expandir a tecnologia também para a cultura de cana-de-açúcar e potencializar ainda mais as vendas e lucros.

Para Fernando, a premiação foi o reconhecimento de muito trabalho e dedicação. “A nossa equipe como um todo acreditou muito na ideia e nós nos esforçamos para transformá-la em algo com bases sólidas”, comenta. Sobre o Prêmio Santander Empreendedorismo, o estudante ressalta: “a iniciativa é muito boa, deveria ser tomada como exemplo pelas grandes instituições. O banco mostra muita maturidade em financiar o programa Santander Universidades. A nossa sociedade ganha muito”.

O projeto está aberto a parceiros que tenham interesse de contribuir para o desenvolvimento do produto final, com o objetivo de escalar a produção máquinas para todo o Brasil.


11ª edição dos Prêmios Santander Universidades

Em 2015, alunos de graduação e pós-graduação, professores pesquisadores e Instituições de Ensino Superior puderam inscrever seus projetos na 11ª edição dos Prêmios Santander Universidades. 

A iniciativa é composta por quatro grandes premiações que, além do empreendedorismo, estimulam a pesquisa científica, a extensão universitária e a busca pela excelência das universidades, atingindo toda a cadeia de valor da academia. 

Este ano, a iniciativa recebeu cerca de 24 mil projetos inscritos e entregou mais de R$ 2 milhões em premiação. 

Os vencedores dos Prêmios Santander Universidades 2015 foram conhecidos no dia 19 novembro, em cerimônia realizada na cidade de São Paulo. Detalhes das premiações, dos regulamentos e inscrições estão no site: www.santander.com.br/universidades.


Prêmio Santander Empreendedorismo

O Prêmio Santander Empreendedorismo é destinado aos alunos de graduação e pós-graduação, matriculados em Instituições de Ensino Superior, e tem por objetivo apoiar e reconhecer projetos inovadores direcionados para oportunidades de negócios. 

A iniciativa é isenta de categorias, ou seja, o candidato pode usar a criatividade no momento de estruturar seu projeto. A premiação total é de R$ 500 mil (R$ 100 mil para cada vencedor), além da bolsa de estudo presencial na Babson College, nos Estados Unidos, para os líderes dos projetos vencedores e seus professores orientadores, e a mentoria da Endeavor, organização brasileira referência no tema empreendedorismo. São cinco vencedores, sendo quatro melhores projetos por avaliação acadêmica, sem categoria, e um melhor projeto com o tema “Soluções em Meios de Pagamento”.

Os até 15 finalistas, selecionados pela Comissão Julgadora, tiveram os seus projetos avaliados, receberam feedback e treinamento para a apresentação a uma banca de executivos de renome no Brasil, com despesas de transporte e hospedagem pagas pela organização. 


Sobre o Santander Universidades

O Santander é a empresa que mais investe no apoio à educação no mundo (Relatório Varkey/UNESCO – Fortune 500). Há 20 anos, o Banco, por meio do Santander Universidades, apoia as instituições de ensino superior como um compromisso social corporativo e como forma de investir, no longo prazo, em iniciativas que promovam resultados diretos às sociedades, principalmente nos 20 países onde está presente.

Atualmente, o Santander mantém 1.202 acordos de parceria com universidades e instituições no mundo inteiro. No Brasil, são 448 acordos com universidades de todo o País.

Neste ano, o Banco entregou mais de 35.000 bolsas, e outras 128.800 serão concedidas entre 2016 e 2018. O Santander Universidades apoia mais de 3.900 projetos universitários todos os anos e, até 2018, será destinado 1,7 bilhão de euros para o apoio a projetos de Ensino Superior. 

Desde 2005, os Prêmios Santander Universidades reforçam o compromisso do Santander com o ensino superior ao reconhecer, incentivar e premiar ideias e projetos relevantes de alunos, professores, pesquisadores e Instituições de Ensino Superior. 

Mais informações em www.santanderuniversidades.com.br/premios