Embaixadores - Felipe Alcarde Rodrigues - ANHANGUERA
Logon

Felipe Alcarde Rodrigues - ANHANGUERA

Impressora 3D vence Prêmio Santander Empreendedorismo 2014 por votação do público
Arquivo Pessoal
  • Com custo acessível ao consumidor, a Impressora 3D Standard CNC Brasil, criada por Felipe Alcarde Rodrigues, aluno do MBA em Gestão de TI da Faculdade Anhanguera de Piracicaba, e sua equipe, pode ser utilizada para a criação de artefatos em plástico para aplicações de artesanatos, fundições industriais, em protótipos de peças de Engenharia e Arquitetura, próteses e órteses médicas, construção civil e alimentos
  • Empresário espera faturar R$ 1 milhão com as vendas em 2015
  • Projeto vencedor recebeu 18.764 votos de pessoas de todo o Brasil. Público selecionou o melhor projeto entre os três finalistas mais votados
  • Em 10 anos da iniciativa, foram distribuídos mais de R$ 9 milhões em premiação.
  • Em 2014, o júri popular escolheu um dos vencedores do Prêmio Santander Empreendedorismo que não teve categorias

Após receber 267 mil votos do júri popular, como melhor projeto finalista, entre 150 trabalhos selecionados pela Comissão Julgadora, a Impressora 3D Standard CNC Brasil, criada por Felipe Alcarde Rodrigues, aluno do MBA em Gestão de TI na Faculdade Anhanguera de Piracicaba, foi a vencedora do Prêmio Santander Empreendedorismo de 2014, eleita com 18.764 votos de pessoas de todo o Brasil. O resultado foi divulgado na cerimônia de premiação, no último dia 5 de novembro. A décima edição dos Prêmios Santander Universidades teve como uma das principais novidades a participação do público, por votação on-line em outubro, para escolher pelo site os três projetos finalistas de empreendedorismo e o melhor, considerado o vencedor. Outro fato novo foi que, neste ano, os trabalhos de empreendedorismo não foram classificados em categorias, para que os candidatos pudessem usar a criatividade no momento de estruturar o trabalho.

Sob a orientação do professor Marcelo Ramillo, o projeto, desenvolvido por Felipe e sua equipe — Miguel Rodrigues Filho, Henrique Miguel e Vinicius Miguel —, trata-se da criação de uma impressora 3D utilizada para a fabricação de peças e artefatos em plástico para inúmeras aplicações de artesanatos feitos em casa até moldes para fundições industriais. A impressora, com custo acessível, também pode ser adotada em protótipos de peças de Engenharia e Arquitetura, próteses e órteses médicas, construção civil e alimentos.

Felipe acredita que o projeto foi selecionado tanto pela inovação, como pelo fato de ser um produto genuinamente brasileiro com tecnologia de última geração. “Trabalhos de impressão 3D são muito restritos no Brasil e isso torna a ideia distante. Este projeto visa garantir uma acessibilidade de baixo custo no processo deste tipo de impressão”, garante.

O preço estimado para comercialização por unidade será em torno de R$ 3.700,00 (três mil e setecentos reais). “Estamos trabalhando para ser uma venda via e-commerce, em que o consumidor poderá parcelar em 12 vezes sem juros”, diz.

A partir de agora, ele e sua equipe irão buscar orientação na Endeavor para garantir que o projeto tenha expansão, assim como pretendem negociar valores com os fornecedores mediante a um pedido maior e também aumentar a equipe da sua empresa CNC Brasil, responsável pela idealização e comercialização da impressora 3D. “Pretendemos faturar em torno de R$ 1 milhão no próximo ano (2015). Essa é uma nova fase da minha carreira e da CNC Brasil”, diz. Para ele, no Brasil, o incentivo ao empreendedorismo ainda é muito incipiente. “Empresas como o Santander são fielmente reconhecidas e ganham destaque quando valorizam este tipo de pesquisa e projeto, garantindo a evolução tecnológica do País e contribuindo para o futuro das pessoas”, reconhece. O Prêmio significa para ele uma gratificação de muito esforço.

Júri popular

Entre os dias 6 e 16 de outubro, internautas de todo o país puderam escolher três dos 18 finalistas de empreendedorismo dos Prêmios Santander Universidades, que concorreram ao Prêmio. A votação foi realizada entre os 150 melhores resumos de projetos já selecionados previamente pela Comissão Julgadora. Durante a votação, um placar on-line, na primeira fase, mostrou em tempo real os projetos mais votados. A partir de 27 de outubro, uma segunda fase da participação popular escolheu, entre os três mais votados, o grande vencedor.

Para Felipe Rodrigues, ser escolhido ratifica a confiança do público na impressora. “Isso traz uma motivação a mais e garante que o projeto foi bem aceito. A satisfação é grande em ver que, realmente, aquilo a que nos dedicamos está dando frutos! Os impactos já estão sendo perceptivos, mesmo que ainda discretos. Fui contatado por agências de publicidades e forneci entrevistas. Esse movimento vai contribuir para um futuro muito próspero devido à visibilidade que iremos ganhar, não só com a marca, mas com o posicionamento perante a sociedade”.

Central de Atendimento

Consultas, informações e transações.
4004 3535
(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
0800 702 3535
(DEMAIS LOCALIDADES)
0800 723 5007
(Pessoas com deficiência auditiva e de fala)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações:
0800 762 7777

(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
Atende pessoas com deficiência auditiva e de fala no 0800 771 0401

Ouvidoria

Se não ficar satisfeito com a solução apresentada:
0800 726 0322

(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
Disponível de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h , exceto feriado. Atende pessoas com deficiência auditiva e de fala no 0800 771 0301