Embaixadores - Eduardo de Senzi Zancul - USP
Logon

Eduardo de Senzi Zancul - USP

Disciplina da Escola Poli-USP sobre métodos de inovação e desenvolvimento de produtos ganha o Prêmio Santander Guia do Estudante2014
Arquivo Pessoal
  • Escola Politécnica da Universidade de São Paulo é reconhecida pelo projeto Formando Graduandos Inovadores, que ensina os alunos a criarem protótipos de produtos gerando soluções reais ao mercado
  • Em 2014 foram realizados 16 projetos com cerca de 100 graduandos. Para 2015, a meta é manter o número de trabalhos e aumentar o número de matriculados na instituição
  • Em 10 anos da iniciativa, foram distribuídos mais de R$ 9 milhões em premiação.
  • Em 2014, o júri popular escolheu um dos vencedores do Prêmio Santander Empreendedorismo que não teve categorias

A Universidade de São Paulo (USP) recebeu o Prêmio Santander Guia do Estudante — Destaques do Ano de 2014, na categoria Inovação no Ensino, em cerimônia de premiação, no último dia 5 de novembro, por criar a disciplina Desenvolvimento Integrado de Produtos, no projeto Formando Graduandos Inovadores, que ensina métodos de inovação e desenvolvimento de produtos aos alunos da Escola Politécnica da USP.

O projeto vencedor é uma disciplina optativa, em que os graduandos trabalham em projetos reais de desenvolvimento de produtos até a construção de protótipos. Os alunos atuam em equipes multidisciplinares de seis integrantes, sendo três deles das faculdades de Engenharias (visão técnica), um de Administração e Economia (visão de viabilidade), um de Design e Arquitetura (visão de usabilidade) e um de área complementar, podendo ser aluno da graduação de todos os cursos da universidade. Eles têm acesso ao laboratório InovaLab@POLI, onde realizam três ciclos de prototipagem. No final da disciplina, a solução criada é apresentada e, caso tenha potencial de mercado, seu desenvolvimento pode ser continuado. “Estamos capacitando alunos de graduação para atuarem de forma proativa na inovação em empresas e negócios, gerando novas soluções e produtos para a sociedade”, afirma Eduardo de Senzi Zancul, professor de Engenharia de Produção da Poli-USP, responsável por inscrever o projeto na premiação.

Para o docente, receber o Prêmio Santander de Ciência e Inovação significa o reconhecimento da excelência do projeto realizado e o incentivo para que ações dessa natureza continuem sendo incentivadas e implementadas. “A existência, no Prêmio, de várias categorias, muitas vezes não reconhecidas na carreira universitária convencional, contribui para incentivar as várias dimensões da atividade de formação universitária. A premiação de várias instituições de todo o país contribui para a democratização do ensino superior e sua disseminação com qualidade em todo o Brasil. Parabéns!”, ressalta.

Desafios da inovação

A professora Roseli de Deus Lopes, também responsável pelo projeto vencedor, acredita que várias características levaram o projeto a ser contemplado pela iniciativa, como o trabalho em equipes multidisciplinares; a capacidade de resolver problemas complexos em contextos reais, pois os desafios de inovação são apresentados por empresas e instituições parceiras; a atividade prática proporcionada pela construção de protótipos físicos; e o desenvolvimento de múltiplas habilidades, como a comunicação oral, por exemplo, por meio de práticas específicas. “Além dos alunos de graduação inscritos na disciplina, outros beneficiários são potenciais usuários de soluções desenvolvidas na disciplina, quando essas soluções chegarem ao mercado”, explica a docente.

Em 2014 foram realizados 16 projetos com, aproximadamente, 100 alunos participantes. Para 2015, a meta é manter o número de trabalhos, enquanto se busca aperfeiçoamento nos métodos de ensino e da dinâmica na sala de aula, e aumentar o número de matriculados após a premiação. Os responsáveis pela iniciativa também buscam ampliar o contato com empresas e instituições interessadas em ter os seus desafios tratados na disciplina.

Central de Atendimento

Consultas, informações e transações.
4004 3535
(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
0800 702 3535
(DEMAIS LOCALIDADES)
0800 723 5007
(Pessoas com deficiência auditiva e de fala)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações:
0800 762 7777

(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
Atende pessoas com deficiência auditiva e de fala no 0800 771 0401

Ouvidoria

Se não ficar satisfeito com a solução apresentada:
0800 726 0322

(CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS)
Disponível de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h , exceto feriado. Atende pessoas com deficiência auditiva e de fala no 0800 771 0301